Escolha uma Página

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”][fusion_imageframe lightbox=”no” style_type=”none” bordercolor=”” bordersize=”0px” stylecolor=”” align=”left” animation_type=”0″ animation_direction=”down” animation_speed=”0.1″ class=”” id=””][/fusion_imageframe]Muitos pacientes tem a falsa impressão de que se o siso não nasceu é porque ele não existe, e se existe porque tirar se não está incomodando? Já outros pensam que os sisos devem sempre ser extraídos.

Na verdade a remoção dos sisos nem sempre é necessária, se os seus sisos já nasceram e estão bem posicionados eles não precisam ser removidos, vão funcionar como os outros dentes na mastigação.

Então quando é indicada a remoção dos sisos?

Com o passar dos anos o homem tem se alimentado cada vez mais de alimentos pastosos e menos de alimentos muito fibrosos. Consequência dessa mudança de hábito é que não precisamos mais de 32 dentes para mastigar, com isso nossas arcadas dentárias estão ficando cada vez menores e faltando espaço para os sisos, que são os últimos dentes nas arcadas a nascerem. A evolução é tão perfeita que já existem pessoas que não tem os sisos ou tem menos do que os quatro de costume uma vez que sua carga genética já carrega a informação de que eles não são mais necessários.[fusion_imageframe lightbox=”no” style_type=”none” bordercolor=”” bordersize=”0px” stylecolor=”” align=”right” animation_type=”0″ animation_direction=”down” animation_speed=”0.1″ class=”” id=””][/fusion_imageframe]

Os sisos devem ser removidos quando:

  • não há espaço para eles nascerem completamente na boca: na maioria dos casos eles saem um pouco pela gengiva o que dificulta a higienização da região causando inflamação da gengiva com dor e inchaço;
  • não nasceram mas existem dentro do osso: devem ser removidos pois ao redor da coroa de um dente que ainda está dentro do osso (incluso) fica um tecido que protege essa coroa. Este tecido pode ser  causa de formação de cistos e tumores, principalmente na mandíbula. Outra complicação que os sisos inclusos podem causar é o trauma por compressão no dente do lado, dependendo de sua posição, essa compressão pode causar a perda óssea ao redor do dente e até mesmo a perda desse dente que estava saudável;
  • estão em posição que seja difícil de alcançar com a escova para limpar: como são os últimos dentes às vezes fica difícil a limpeza o que pode causar cárie, mau hálito e outros problemas bucais;
  • já estão com uma cárie extensa que precise de tratamento de canal: como são dentes que não vão fazer falta na mastigação, em casos onde precisam de tratamento mais complexo a melhor opção é remover o dente. [fusion_imageframe lightbox=”no” style_type=”none” bordercolor=”” bordersize=”0px” stylecolor=”” align=”left” animation_type=”0″ animation_direction=”down” animation_speed=”0.1″ class=”” id=””][/fusion_imageframe]

 

Para entender melhor qual é o seu caso o ideal é marcar uma consulta com um especialista para que ele solicite os exames necessários e faça o diagnóstico.

Como é feita a cirurgia para remover os sisos?

A cirurgia é simples e realizada em consultório odontológico com anestesia local, dura em média 40min a uma hora para remover os quatro sisos. Durante o procedimento o paciente não sente dor pois está anestesiado e pode sentir somente a sensação de se estar mexendo na boca dele. No pós operatório é comum que o paciente fique um pouco inchado, pode acontecer uma leve dificuldade para abrir muito a boca nos primeiros dias e um leve sangramento também é normal.

[fusion_imageframe lightbox=”no” style_type=”none” bordercolor=”” bordersize=”0px” stylecolor=”” align=”right” animation_type=”0″ animation_direction=”down” animation_speed=”0.1″ class=”” id=””][/fusion_imageframe]

Na Clínica Allere nossa Especialista se preocupa com os cuidados após a cirurgia e sabendo das dificuldades do paciente após o procedimento, faz questão de que ele não se preocupe com nada! Com isso montamos um kit pós operatório que o paciente leva com ele: Bolsa de gelo pára colocar por fora do rosto, porta comprimidos já com os remédios que o paciente deverá tomar após a cirurgia e um bochecho de anti-séptico indicado para o uso nos 10 dias após a cirurgia.

[fusion_button link=”/marcacao” color=”custom” size=”” type=”3d” shape=”” target=”_blank” title=”Marcação de Consulta Online” gradient_colors=”#1baa7f|” gradient_hover_colors=”#1baa7f|” accent_color=”#ffffff” accent_hover_color=”#ffffff” bevel_color=”” border_width=”1px” shadow=”no” icon=”fa-clock-o” icon_divider=”yes” icon_position=”right” modal=”” animation_type=”0″ animation_direction=”down” animation_speed=”0.1″ class=”” id=””]Marque aqui sua consulta[/fusion_button]

 [/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]